FORMAÇÃO DE UMA CARMELITA

WhatsApp Image 2019-06-20 at 16.10.50 (2

A vocação do Carmelo na Igreja e a peculiar forma de vida instaurada e testemunhada por Santa Teresa de Jesus exigem daquelas que, acolhendo o chamado divino desejam abraçá-lo, determinem-se firmemente a seguir os conselhos evangélicos com toda a perfeição possível, em prol das necessidades da Igreja, dentro de uma pequena comunidade bem arraigada na solidão, na oração e na abnegação. (Const. 131)

Toda a formação, tende a configurar a cristo, modelo de consagração ao Pai, aquelas que são chamadas a viver em Seu obséquio, em união com Maria e seguindo o seu exemplo, para pertencerem exclusivamente a Deus, vivendo em plenitude o Evangelho. (Const. 136)

Fazem parte da formação de uma Carmelita Descalça os seguintes passos: Discernimento Vocacional onde se busca a vontade de Deus sobre uma pessoa, que se deixa conduzir por Ele; Aspirantado, Postulantado, que serve como teste preliminar de vocação e aptidões da candidata a ingressar no Carmelo; noviciado, o início da vida religiosa, onde já veste-se o hábito com véu branco; profissão em que a monja, já tendo sido aceita pela comunidade e estando ciente de sua vocação e vontade, pode emitir seus votos solenes, chamados perpétuos, à Ordem e à Deus e vestir o véu preto.